Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Girl About Town

“I like my money right where I can see it: hanging in my closet.” — Carrie Bradshaw

Seg | 18.06.18

Sobre a exposição das crianças nas redes sociais

perfis-de-bebe-em-redes-sociais-thumb-570.jpg

 

 

Tenho reparado que em 2017 e agora em 2018 tem havido um grande baby boom principalmente no mundo digital, são imensas as mulheres, nomeadamente bloggers que tem sido mães ultimamente, o que é normal e que não me teria chamado a atenção não fosse a exposição de que os bebés destas bloggers e não só estão sujeitos.

Quem tem e usa o instagram certamente já se deparou com milhares de fotos de bebés, instastories com bebés, por lá aparece de tudo, a foto do bebé ainda acabadinho de sair do forno, a foto da primeira vez que mama, a  foto com a primeira roupinha, a foto do primeiro  banho e depois é mais ou menos isto todos os dias.

Temos também as fotos no parque a brincar, a sair do colégio, em casa, aqui e ali.

Até já vi uma blogger/youtuber que criou uma conta de instagram para a sua filha que pouco mais de um mês deve ter.

E eu pergunto para quê?Para quê isto tudo? É realmente necessário um bebé ter instagram? Eu não sou mãe mas pergunto-me porque razão se expõe os bebés desta maneira, qual a motivação? Será por orgulho? Vaidade? Outra razão? Qual?

Entendo que o público em geral tenha muita curiosidade sobre tudo o que envolve a vida de bloggers, youtubers, digital influencers, o que lhes quiserem chamar, o que por si só me parece um pouco assustador, e que muitos deles em função desta nova profissão vivam muito expostos, mesmo assim a escolha de expor os filhos ainda bebés, crianças é só deles, será esta um boa escolha? Não me parece.

A mim pessoalmente é uma coisa que me faz muita confusão e por diversas razões, primeiro não me parece que faça muito sentido expor uma criança nas redes sociais, ainda mais quando o perfil é publico e todos podem ter acesso às fotografias.

Depois não é só uma fotografia que até podia ser inofensiva, normalmente são várias fotografias que se bem estudadas revelam bastante sobre a vida da criança e da família que deveria ser privada, nomeadamente as suas rotinas que podem ser muito úteis a alguém com más intenções.

Todos sabemos que as redes sociais estão cheias de milhares, milhões de pessoas sobre o qual não sabemos nada, não sabemos as suas intenções, nem o que lhes passa pela cabeça quando vêm fotos de bebés/crianças.

Da mesma maneira é muito fácil obter uma fotografia e usa-la para outros fins, mesmo que depois apaguemos a foto esta já pode ter sido copiada, até transformada de modo a ser usada para outros fins.

Isto tudo sem falar na questão da privacidade, os pais publicam fotos dos filhos que não tem qualquer voto na matéria, e o que irão pensar eles quando forem mais crescidos e virem que existe fotos deles publicadas nos perfis dos pais?Fotos que podem até ser constrangedoras para eles?

Acaba-se por criar uma pegada digital para alguém que nem pediu para ter essa pegada.

Cada um tem direito à sua privacidade, como um bebé ou uma criança não pode fazer valer o seu direito, deveriam ser os pais a fazê-lo.

Depois de falar com alguns amigos que já são pais, inclusive o meu irmão que é pai de um menino de dois meses percebi que como em tudo há pessoas com opiniões muito diferentes.

O meu irmão e  a minha cunhada optaram por não expor o seu bebé pois para eles não faz sentido, mas tenho colegas que pensam que é uma coisa normalíssima.

Acho que é um tema interessante e que tem chamado muito a minha atenção ultimamente então gostava de saber o que pensam vocês sobre o assunto.

Quem quiser deixe um comentário com a vossa opinião, é sempre bom ouvir opiniões diferentes da nossa.