Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Girl About Town

“I like my money right where I can see it: hanging in my closet.” — Carrie Bradshaw

Qui | 21.03.19

Livro # 1 | O Carrasco do Medo

9789898843739.jpg

Imagine o seu pior medo...

e depois conheça o seu pior pesadelo.

Quando a Unidade Especial de Homicídios da Polícia de Los Angeles é enviada a uma pequena igreja da cidade, depara-se com um cenário no mínimo aterrador. O padre foi decapitado, o seu corpo dilacerado, e no seu peito lê-se ainda o número 3 desenhado a sangue. 

A violência é impiedosa e nada parece fazer grande sentido neste crime horrendo. Perante este quadro macabro, o detetive Robert Hunter e o seu parceiro acreditam que se trata de um crime ligado a algum ritual religioso. Mas a investigação parece não avançar e as respostas não surgem. E à medida que mais corpos e crimes são revelados, o pavor espalha-se por toda a cidade. 

O que une realmente estes crimes, para além do terror e brutalidade de todas as mortes resultarem dos seus maiores medos? Será este o maior desafio de Robert Hunter? E será que não ter respostas é o seu maior pesadelo?

 

Já nem me lembro bem como descobri o autor Chris Carter, mas lembro me bem da curiosidade que fiquei em ler os livros dele.

O primeiro, o Assassino do Crucifixo, deixou -me com a certeza de que seria um autor a seguir.

Numa das minhas muitas visitas à biblioteca lá fui dar com os três últimos livros dele.

Claro que trouxe logo os três comigo.

Entretanto já li este e mais outro e vou em breve pegar no ultimo.

Ou seja, já dá para perceber que gosto muito dos livros do autor.

O carrasco do medo, trás nos Hunter e Garcia de volta depois dos acontecimentos do ultimo livro.

Nesta nova investigação eles lidam com um assassino que parece usar o pior medo  das suas vitimas para as matar.

Este livro, assim como o anterior, vai-nos dando a conhecer um pouco mais de Hunter e Garcia, o que a mim me fez apaixonar ainda mais pelas duas personagens e pela sua historia.

Gosto bastaste da forma como o autor descreve os acontecimentos, parece que nos transporta mesmo para a historia. Cheguei em determinada altura a sentir mesmo medo pelas personagens. 

Realmente provoca-nos emoções fortes.

Super recomendo este livro ainda mais para os fãs de policiais.

2 comentários

Comentar post