Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Girl About Town

“I like my money right where I can see it: hanging in my closet.” — Carrie Bradshaw

Dom | 26.03.17

De volta às estatisticas

Sabem quando achamos que tudo corre mal e que pior do que já esta não pode ficar?

Eis que as coisas ficam mesmo piores.

E assim ao fim de alguns meses, quase um ano que volto à condição de desempregada.

27 anos e desempregada, outra vez, já faz algum tempo na verdade um mês que estou nesta condição.

Parece que há alturas da nossa vida em que as coisas meio que encalham e parece que não tencionam desencalhar nunca.

E depois vem as duvidas, o que fazer? procurar emprego na minha área, o que neste momento parece impossível de arranjar, ou contentar-me com um emprego qualquer que sei que não me vai fazer feliz mas que me dá alguma independência financeira?

Eu sei o que quero fazer, sei o que preciso para ser feliz mas por alguma razão que eu desconheço tem sido super difícil lá chegar.

As vezes penso se não devo abandonar o sonho e contentar-me com outra coisa qualquer, as vezes a vontade de desistir é tanta..

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Girl About Town 27.03.2017 14:05

    Sim mas não consigo deixar de pensar que estou a "desperdiçar" anos de estudo sabes?
    E deixa-me sempre triste porque gostava mesmo muito de trabalhar na minha área mas cada vez mais percebo que se calhar tenho mesmo que ir por outro caminho.
  • Imagem de perfil

    Just_Smile 27.03.2017 14:28

    Claro que percebo, então não? Terapia era e é a minha paixão e agora trabalho como administrativa, a verdade? A verdade é que há sonhos que começo a realizar que com os salários e o trabalho de terapia nunca me seria possível realizar... Tenho sempre a esperança de voltar ao ramo, respondo a anúncios, vou a entrevistas, mas a verdade é que voltar a recibos verdes ou a salários minimos me assusta mais que trabalhar como administrativa...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.