Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Girl About Town

Seg | 30.05.16

Livro # 19 | Messias

9789722518208.jpg

 

 Sinopse

A primeira vítima foi encontrada pendurada numa corda. A segunda, espancada até à morte, jazendo numa poça de sangue. A terceira, decapitada. Os seus antecedentes são tão diferentes como os métodos do seu assassinato. Mas um pormenor arrepiante liga os três crimes: as suas línguas foram cortadas e substituídas por uma colher de prata. A polícia tem provas suficientes para a creditar que está perante um raro e perturbador fenómeno: o aparecimento de serial killer, perverso e inteligente... E tudo indica que ele vai matar outra vez.

 

Nem sei bem como começar este post pois apetece-me dizer tanta coisa mas não quero ser spoiler.

Este livro traz-nos a investigação de vários homicídios que parecem ser obra de um assassino em serie que depressa se revela bastante inteligente.

Muito rapidamente vai conseguindo levar o seu plano a cabo sem deixar qualquer rasto e sem que ninguém suspeite dele ou dos seus motivos.

Como é possível perceber pelo nome do livro, os homicídios estão relacionados com a bíblia o que faz com que no livro encontremos muitas passagens da bíblia, além disso é fornecida muita informação relativamente aos 12 apóstolos.

É aprofundado também a relação entre judas e messias.

Para quem tem curiosidade sobre este tema é muito interessante pois aprendemos imenso sobre o assunto, mesmo para quem não aprecia o tema acho que não deixa de ser interessante.

As descrições das cenas dos crimes são brutais assim como a violência dos homicídios.

Talvez a meio do livro comecei a formular a minha teoria sobre o assassino e as suas motivações, o que normalmente todos os amantes de policiais acabam por fazer, e a verdade é que acertei.

Mesmo assim o final não deixa de ser impressionante.

O livro conta com mais de 500 páginas e lê-se sem nenhuma dificuldade.

É sem duvida dos melhores se não o melhor Thriller que já li, muito, muito bom e recomendo de olhos fechados.

2 comentários

Comentar post