Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Girl About Town

Qua | 22.03.17

Livro # 13 | Caminhos Sombrios

1507-1 (1).jpg

Sinopse

Emory Charbonneau é uma grande pediatra, respeitada entre os colegas e estimada pela sociedade. Depois de uma discussão com o marido, Jeff, a jovem médica prepara-se para uma maratona e desaparece nas montanhas da Carolina do Norte. Quando Jeff comunica o seu desaparecimento à polícia, todas as pistas que Emory deixou desapareceram. O nevoeiro e o gelo põem um fim às buscas.
Emory recobra a consciência, com um misterioso ferimento na cabeça, num local estranho. E na companhia de um homem cujo passado é tão sombrio que ele não quer sequer dizer-lhe o seu nome. Sem telefone, sem internet, sem ninguém por perto, mas movida pelo medo, Emory está determinada a escapar a todo o custo do cativeiro. Inesperadamente, no entanto, os dois têm um encontro perigoso com pessoas que seguem um código de justiça própria. No centro da disputa está uma jovem desesperada a quem Emory não pode virar costas, mesmo que isso signifique violar a lei.
Quando o esquema do marido é revelado e o FBI se aproxima do seu captor, Emory começa a perguntar-se se o homem sem nome não será, na verdade, o seu salvador

 

Caminhos sombrios foi um presente de Natal do meu namorado que estava há muito na prateleira à espera de ser lido.

É o segundo livro de Sandra Brown que leio e pretendo sem duvida ler mais.

Gosto imenso do mistério que os livros dela trazem, do misturar o romance com o mistério, de volta e meia sermos surpreendidos.

E este livro é mesmo assim, começa com uma discussão entre marido e mulher seguido da viagem de Emory para treinar para uma maratona até que cai na neve, perde os sentidos e é levada por um misterioso homem para a sua cabana.

Se no inicio Emory demonstrava medo pelo homem que a encontrou depressa começa a desenvolver outros sentimentos.

Enquanto Emory permanece na cabana, longe de tudo mas mesmo assim vivendo umas quantas aventuras, o marido passa a imagem de marido sofredor em busca da sua mulher desaparecida.

Aos poucos vamos percebendo que nem tudo é o que parece.

É um bom livro, que não nos apetece mesmo largar.