Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Girl About Town

Ter | 24.02.15

Filme: 50 Sombras de Grey

 

e2119e4ac69ae57aec2034dc4cc71856c40d5.jpg

 

Comecei por ouvir falar de 50 Sombras de Grey quando uma amiga minha começou a ler o livro, na altura não me causou grande interesse e nem fiquei tentada a ler o livro.

O que conheço da história é por alto e foi em contado por amigos que já leram o livro.

Já com o filme o sentimento foi diferente, talvez por toda a campanha de Marketing que foi feita a volta do filme, aos poucos foi surgindo em mim uma grande curiosidade para com  o filme, por mais que não seja para ao menos poder criticar.

Já no fim-de-semana de estreia, sem saber muito bem o que fazer no dia dos namorados, além do típico jantar a dois, pensei porque não ir ver o filme hoje? O tempo estava chuvoso e frio por isso pareceu me uma boa ideia e também não foi difícil convencer o namorado.

Depois deparei me com o que pensei que fosse ser uma grande dificuldade: arranjar dois bilhetes assim tão em cima da hora.

Na realidade acabou por ser fácil pois na minha cidade havia um horário que ainda não estava esgotado (o único) e então consegui ir ver o filme nessa tarde.

Relembrando que não li o livro, apenas conhecia a história por alto e fui sem grandes expectativas, devido a grande avalanche de críticas que o filme tinha sido alvo, confesso que me surpreendi!

Os protagonistas são um verdadeiro regalo para a vista, Dakota esta bonita e em forma, mas na medida certa, não se parece nada com uma atriz de filmes para adultos, realmente parece ter o corpo de uma virgem, se é que isto faz algum sentido.

Já o Jamie esta com aquele abdominal trabalhado, mas também sem grandes exageros.

E este consegue transmitir todo o mistério associado ao personagem de Grey, acho que provoca uma sensação de amor e ódio, pois ele como namorado é perfeito em alguns aspetos, depois tem aquelas coisas que alguns podem considerar menos boas.

Dakota também penso que consegue transmitir toda a ingenuidade e inocência da personagem, que na minha opinião não e assim tão ingénua.

Em relação a história do filme, eu até gosto bastante, não acredito nada em algumas críticas que dizem que o filme possa ter cenas que muito se assemelham a violência doméstica.

Acho que é fácil perceber que tudo é feito com a aprovação do outro e ninguém esta ali obrigado.

Também não penso que seja um filme em que a mulher seja humilhada e tratada como objeto, penso que se trata de fantasias em que só alinha quem quer.

As cenas de sexo não são tantas como se calhar muitos esperavam, mas eu penso que são adequadas, bem-feitas, não chocam.

E tem um final que eu pessoalmente gostei, deixa tudo em aberto como já se esperava.

A banda sonora está perfeita, perfeita perfeita!

As músicas adequa-se completamente ao filme, surgem nas cenas certas e complementam bastante o filme, acho que provocam mais emoção ao espectador

Sinceramente desde que vi o filme a uma semana que não consigo tirar grande parte das musicas da cabeça.

Penso que é um bom filme para ir ver com o namorado ou com os amigos, e para mim foi um bom programa para o dia dos namorados.

Vou terminar dizendo que gostei realmente bastante do filme, vou aguardar ansiosamente pelo segundo, e talvez pelo meio vá começando a ler o primeiro livro.