Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Girl About Town

Ter | 27.06.17

Esta coisa do relógio biologico

É real, bem real gente.

Sempre soube que queria ser mãe e gostava muito de ser mãe nova, tivesse eu uma situação financeira equilibrada e muito provavelmente já seria mãe.

Tinha planeado para mim que entre este ano e o próximo seria o ano, infelizmente devido a umas complicações de saúde e também o meu recente desemprego ficou um pouco fora de questão.

E isso deixa-me tão triste.

Estou naquela fase em que a vontade de ser mãe está tão presente e de uma forma tão forte que as vezes até me torno irracional, preciso de me obrigar a lembrar a mim mesma que não posso e que a altura não é a ideal.

Por outro lado e também devido ao facto de ser uma pessoa que planeia muito (demasiado) as coisas estou sempre a pensar e a fazer cálculos de quando seria a altura ideal, quanto tempo depois de arranjar trabalho, se devo esperar muito, e se o trabalho não é seguro (o que hoje em dia nunca é), são mil e uma dúvidas e chego sempre à conclusão que não existe uma altura nem certa nem ideal e muito pouco é o que podemos fazer sobre isso.

Sinto que em relação a esta coisa da maternidade hoje em dia tudo é mais pensado, o que por um lado eu acredito que seja bom, hoje pensamos mil vezes antes de decidirmos ser mães, queremos estar preparadas (nunca estamos) mental e financeiramente, mentalmente acredito que estou, a nível financeiro há ainda tanta coisa que queria e preciso fazer.

O meu foco esta na formação, tenho esperança que esta me abra portas para o emprego que quero para mim e que me vai permitir ter uma vida financeira equilibrada e consequentemente vai -me permitir começar a pensar a serio em bebes, e antes disso ainda falta o casamento e a casa.

Cada vez mais penso que tenho tanta cosa por realizar e tão pouco tempo para o fazer, realmente o tempo voa e a gente nem se apercebe.