Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Girl About Town

Seg | 07.03.16

Despedi-me

Entreguei a carta de despedimento hoje.

Não foi uma decisão de ânimo leve, já andava há dias a pensar nisto, não por não gostar do trabalho, mas por questões salariais.

Trabalho em part-time e é um part-time muito mal pago.

Quero ter um emprego que receba pelo menos o salário mínimo, que me permita fazer coisas que não posso fazer agora porque o dinheiro não chega para tudo.

Desde o ano passado que fiz um pedido lá no híper para passar para full time ou para outro setor desde que seja a full-time e até agora nada mas já colocaram imensa gente nessas condições e nem se lembraram de mim.

Desde o inicio do ano que estou a procurar emprego em outro lado, a minha ideia era conseguir encontrar emprego primeiro para só depois me despedir mas como já falei em outro post isto tem sido muito difícil.

Já perdi três oportunidades por causa de não conseguir começar já na empresa, uma vez que tenho que cumprir com o aviso prévio de 30 dias e a verdade é que ninguém está para esperar trinta dias por um trabalhador.

Principalmente por esta razão e depois e muito ter conversado com a minha mãe decidi avançar com a carta de despedimento.

Bem sei que não é a altura ideal para me despedir, sei também que muitas pessoas se calhar dariam tudo para ter um emprego mas a verdade é que aquele emprego não satisfaz as minhas necessidades, não me dá o rendimento que procuro e está meio que a impedir-me de aproveitar as oportunidades que me tem aparecido.

Espero não me arrepender, sei que estou a trocar o certo pelo incerto mas parece-me que este certo, de certa forma estava a prender-me num trabalho onde o meu maior receio era acabar como muitos colegas meus que já estão lá no híper há 10 anos a trabalhar como part-time a receber 200 €/mês.

Eu não quero isso para mim.

Tenho agora pela frente a procura por um emprego que eu acredito que vou encontrar e com um bocado de sorte não vai levar assim muito tempo.

A minha mãe tem me dito muitas vezes ; "Quem muda, Deus ajuda" espero que tenha razão.

2 comentários

Comentar post